Inicio Economia

Economia

A cadeia produtiva da caprino-ovinocultura assegura o desenvolvimento econômico e social de Floresta- PE. De acordo com o Banco de Dados do Estado de Pernambuco, CONDEPE/FIDEM o município é detentor do maior rebanho de caprinos do estado e possui o 2º maior rebanho de ovinos.
Ao lado da pecuária, desenvolve-se a agricultura de subsistência e a agricultura irrigada, presente nas margens do Rio Pajeú, do Riacho do Navio e na Borda do Lago de Itaparica. A implantação de projetos irrigados, a partir do Canal Eixo Leste/PTSF, constitui hoje, uma grande possibilidade de crescimento econômico, através da irrigação empresarial e da agroindústria.
Um projeto para a exploração de depósitos de minério de ilmenita para produção de dióxido de titânio no município, já está em andamento. A pesca artesanal, também compõe o cenário econômico municipal.
No setor industrial se afirmam e despontam estabelecimentos no segmento de doces, polpas, pré-moldados, olaria, artefatos de couro, panificação, café, carpintaria e roupas.
O comércio atrai compradores de cidades circunvizinhas e contribui significativamente para o desenvolvimento econômico. Além deste serviço, o município dispõe de outros, tais como: estabelecimentos bancários, hospitais, escolas, clubes, hotéis, restaurantes, bares, transportes e comunicações.